15 de janeiro de 2008

ESDRAS EM 50 MINUTOS: UMA REFLEXÃO ETERNA

Ontem “devorei” os 10 capítulos do livro de Esdras em 50 minutos num ponto de ônibus. Uma cena nada convencional digamos assim... Enfim, esses 50 minutos foram o suficiente para gerarem várias horas e reflexão sobre um cara que tinha todos os motivos para abandonar um bando de pecadores, mas que mesmo assim insistiu. Um exemplo para nós, que temos passado por problemas em nossas Igrejas.

Calma. Eu te explico o por quê.
Enquanto o povo de Israel começava a reconstruir o templo de adoração numa Jerusalém destruída, vários reis se levantaram para impedir tal reconstrução, até que Esdras interveio e usou de sua influência para convencer os reis daquela época que tal feito havia sido ordenado por Deus. Então, após muitos esforços, Esdras conseguiu não só que os israelitas tivessem a permissão de continuar o trabalho, como também conseguiu todo o material (ouro, prata, bronze, madeiras...) para a construção.

O cara simplesmente viajou kilometros de distancia, correu grandes perigos, tudo para ajudar o povo escolhido a adorar ao Senhor e quando chega lá encontra todo mundo em pecado fazendo o oposto do que Deus havia mandado.

Agora me diga você. O que você faria nessa situação? E se você se esforçasse ao máximo para ajudar a Rede de Jovens, o Ministério de Louvor da sua Igreja e depois de tudo isso visse que foi em vão? Você desistiria? Abriria mão?

Esdras me surpreendeu. Qual foi sua atitude? Ele se humilhou, se uniu ao povo e foi buscar o perdão de Deus sobre aquele lugar, ele chorou, abraçou o povo e levou eles a entender o tamanho de seu pecado. O resultado? O povo se arrependeu, se uniu e então continuaram a construir o templo.

Às vezes é necessário mais do que esforços em tempos oportunos. Um bom líder precisa estar pronto para das piores situações encontrar a motivação certa para continuar e não perder o objetivo.

2 comentários. Comenta aí!:

Paulo Camargo disse...

Oi Luis. Excelente reflexão, parabéns pelo post.

DTA. []'s

Everson disse...

Iae Luiz!

Tambem sempre estou de olho no seu blog, mas é bem dificil conseguir comentar sabe como é time is money heheh..

E achei muito boa essa tua reflexão sobre o livro de Esdras, já que ano passado (parece q faz tanto tempo) eu preguei uma mensagem sobre esse livro em uma reunião de liderança que tivemos.

Curte o link - http://eversonbarbosa.wordpress.com/2007/07/30/minha-primeira-pregacao-para-a-igreja/


Ficaria muito feliz em trocar mais idéias com você!

God Bless brother!