10 de janeiro de 2008

COMO SOU INGÊNUO

Lembro que no domingo disse a Deus: Não tenho motivação nenhuma para esta semana. Por favor, me surpreenda! Às vezes esqueço que Deus me ouve. Como sou ingênuo. Ele me ouviu e está semana acaba de entrar para a história, ou pelo menos esses três últimos dias.

Na segunda, minha motivação estava em me preocupar menos e me divertir mais. Funcionou. Tivemos mais uma reunião para o Acampamento e eu tinha todos os motivos para sair de lá decepcionado, mas não, Deus não me deixou sair assim, me mostrou que para termos nossas tendas alargadas precisamos estar preparados para momentos assim.

Na terça eu descobri a Conferência com o John Maxwell e um curso de webdesign online que é quase o valor que tenho guardado nos últimos meses para investir num curso. Além disso encontrei com os amigos num níver alheio e pude me divertir pacas (embora não tivesse motivos).

Na quarta então veio o melhor dia: descobri uma faculdade a distância que irá ser implantada através de pastoras da minha Igreja e detalhe, a faculdade tem o curso que tanto queria: Publicidade. E para fechar da melhor maneira tivemos o primeiro workshop do Diga ao Mundo que reuniu cerca de 35 jovens para aprenderem sobre EVANGELISMO CRIATIVO. Eu pude ministrar um pouco sobre Batalha Espiritual e foi simplesmente ímpar.

O que esperar desta quinta de discipulado e sexta de níver de quinze anos da Paula? Sinceramente eu não sei, mas eu sei que tem mais, SEM LIMITES!

Confira fotos:

Níver do Vítor


Workshop do DaM

1 comentários. Comenta aí!:

Fabrício Falco disse...

bah que mundo pequeno o projeto inicial do um milhão de líderes foi eu quem comecei, ai passei o layout aberto e detonaram o layout dele! veje lá depois no meu portifólio pra vc ver como ele era lindão!... mas então! legal essas nova motivações, mas não posso de deixar de comentar dos seus trabalhos, são muito bons, mas não acho que seja legal vc fazer trampo só pra igreja um hora isso irá te ferrar no meio secular escrevi um post sobre design cristão passa lá depois! abração